Obra embargada – Justiça tira licença ambiental de condomínio em SC

Justiça suspende licenças de condomínio em área de proteção ambiental no Santinho

O TJSC (Tribunal de Justiça de Santa Catarina) atendeu ao recurso do MPSC (Ministério Público de Santa Catarina) em um agravo de instrumento e deferiu uma liminar que suspende licenças ambientais, autorizações e alvarás de construção concedidas pelo IMA (Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina) e pelo município de Florianópolis ao Condomínio Jardim Santinho.

A decisão da Desembargadora Vera Lucia Ferreira Copetti também proíbe que novas licenças sejam concedidas pelo município e pelo IMA no condomínio e obriga a averbação da ação que questiona a legalidade do empreendimento na matrícula das unidades já transferidas aos compradores. A ação cabe recurso.

A 22ª Promotoria de Justiça da Comarca da Capital ingressou com uma ação civil pública com tutela de urgência para apurar as possíveis irregularidades na implantação do condomínio, que está parcialmente inserido na unidade de conservação Parque Natural Municipal Lagoa do Jacaré das Dunas do Santinho, no bairro Santinho, em Florianópolis.

O juízo da 3ª Vara da Fazenda Pública da Comarca da Capital indeferiu o pedido liminar. Por isso, o MPSC recorreu e obteve a cautelar em uma decisão monocrática no TJSC que reconheceu a existência do espaço territorial especialmente protegido da unidade de conservação criada pela Lei Municipal n. 9.948, de 7/1/2016, independentemente da prévia desapropriação da propriedade particular existente em seus limites. Essa decisão deve ser analisada futuramente pelo Órgão Colegiado.

De acordo com o Promotor de Justiça Felipe Martins de Azevedo, a criação da unidade de conservação por lei municipal gerou os efeitos imediatos de proteção especial da área ambiental considerada especialmente relevante pela norma, sendo que o Sistema Nacional de Unidades de Conservação (Lei Federal n. 9.985/2000) estabelece que a regularização fundiária das propriedades privadas deverá ocorrer em momento posterior, não sendo condição prévia proteção da área da unidade de conservação, cuja modalidade de proteção integral (parque municipal) não admite edificações nem a ocupação humana.

Segundo a ação civil pública, a medida cautelar evita que danos irreversíveis ao meio ambiente sejam causados por possíveis obras no local durante da tramitação do processo. O pedido mostra que a Floram (Fundação do Meio Ambiente) e a PMA (Polícia Militar Ambiental) registraram em relatórios que parte do Condomínio Jardim Santinho está localizada em uma APP (Área de Preservação Permanente) e no interior do parque municipal.

Segundo o relatório da PMA, o condomínio construiu duas edificações, uma estação de tratamento de esgoto, 81 metros de rua pavimentada e inseriu oito lotes na APP e dentro dos limites da unidade de conservação municipal. A Floram verificou em vistoria que, da área total de aproximadamente 19 mil metros quadrados do condomínio, cerca de 8,6 mil metros quadrados estariam sobre a APP e dentro do parque municipal.

A ação civil pública pede, em caso de condenação, que os réus retirem os entulhos, desocupem a área e desfaçam edificações, piscinas, estação de tratamento de esgoto, ruas e outras intervenções do empreendimento que estejam na unidade de conservação e na APP, sob pena de multa diária em caso de descumprimento, que ainda deverá ser fixada na sentença, em favor do FRBL (Fundo de Reconstituição dos Bens Lesados do Estado de Santa Catarina).

O Ministério Público também requer a reparação material do dano ambiental, o restabelecimento das áreas com o plantio de mudas de árvores nativas e a proteção e recuperação da área afetada pela construção ilegal, mediante a elaboração e execução de um PRAD (Plano de Recuperação Ambiental), em prazo a ser fixado na sentença, com multa diária para o caso de descumprimento, em favor do FRBL.

Se condenados, os réus devem pagar multa em compensação pelos danos morais sofridos pelo meio ambiente, além de indenização por danos materiais causados à unidade de conservação e efetiva recomposição dos danos ambientais causados ao Parque Natural Municipal Lagoa do Jacaré das Dunas do Santinho.

A decisão liminar é passível de recurso. O Conexão não conseguiu localizar, neste sábado (8), os responsáveis pelo condomínio para um posicionamento.

Fonte: jornalconexao.com.br

Compartilhe este conteúdo:
Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
WhatsApp
Email
Comentários:

Social Media

Mais Artigos

Não perca

Inscreva-se em nossa Newsletter

Receba os melhores conteúdos.

Categorias

Versão 1
Versão 2

Baixe já o informativo!

CONDOMÍNIOS E OS CUIDADOS NO FINAL DE ANO

Conteúdo grátis

Insira um email válido para receber materiais exclusivos

Receba nossas novidades!

Conteúdos exclusivos do setor condominial.

Fornecedores Planos

Você sabia que pode ter a sua marca junto aos nossos Fornecedores? Por apenas R$ 49,90 por mês, você agrega sua marca na nossa página de Fornecedores, sendo um ótimo espaço para você receber cotações e se aproximar dos seus clientes.

Você quer mais? Calma, aqui temos a solução perfeita para a sua empresa. Caso queria agregar a sua marca em nossa HOME. O que não faltam são opções: Banner Destaque, Banner Lateral Topo, Banner Central, Banner lateral e banner central rodapé.
Confira nossos planos:

Plano Básico - logo na página de fornecedores mais pagina de contato

⦁ Banner Destaque

⦁ Banner Lateral Topo

⦁ Banner Central

⦁ Banner lateral

⦁ Banner central rodapé

Faça parte da nossa rede de fornecedores e fique visível!

Regulamento

Regras

1 – Preencher o formulário de inscrição;

2 – Curtir a foto oficial na página da Editora Bonijuris e seguir os perfis da  @editorabonijuris e @universocondominio

3 – O sorteio será feito para todos os inscritos cadastrados nesse site e que cumprirem os requisitos da campanha.

4 – Informações inexatas no preenchimento do formulário de inscrição desclassificam o ganhador do sorteio.

5 – Serão sorteados 3 kits, contendo em cada um deles, 7 livros da Editora Bonijuris.  

6 – Os sorteios e divulgação dos vencedores serão realizados em três dias seguidos (27/01, 28,/01 e 29/01 de 2021) no Instagram da @editorabonijuris. Em cada dia será sorteado 01 (hum) Kit.

7 – O sorteio será realizado utilizando um sorteador online automático.

8 – A organização, representada pela @editorabonijuris, entrará em contato com os ganhadores por mensagem direta no Instagram ou via e-mail, para solicitar o envio dos dados pessoais e documentos comprobatórios de enquadramento nos critérios da campanha.

9 – Ao se submeterem ao sorteio, os participantes declaram ter lido e estarem de acordo com o presente regulamento e de suas condições.

Regulamento

Regras

1 – Preencher o formulário de inscrição na página https://www.universocondominio.com.br/promocao-fit-anywhere/ .
2 – Curtir a foto oficial nas páginas Universo Condomínio, Fit Anywhere e Karpat Advogados (não eliminatório).
3 – O síndico que cadastrar seu condomínio autoriza a criação de uma conta com os dados do condomínio no aplicativo FIT ANYWHERE, pelo prazo de 12 meses, sem custo algum ao condomínio. Após 12 meses, síndico e Fit Anywhere poderão negociar a continuidade da conta no aplicativo.
4 – O Banco será doado ao condomínio representado pelo síndico vencedor, para o uso de todos os condôminos e deverá haver um local coberto, com mais de 4m2 quadrados, em bom estado de conservação e de fácil acesso a todos os condôminos em que o banco deverá ficar.
5 – O condomínio vencedor do sorteio do Banco ganhará 30 dias de FIT CLASS para todos os usuários cadastrados a contar a partir da entrega do Banco Funcional.
6 – O sorteio será feito para todos os síndicos cadastrados no site e que cumprirem os requisitos da campanha. O frete da entrega do banco é grátis para a cidade de São Paulo. Demais cidades/estados, a Fit Anywhere dará até R$ 200,00 de subsídio para o frete que será por conta do ganhador.
7 – Informações inexatas no preenchimento do formulário de inscrição desclassificam o ganhador do sorteio.
8 – Além do Banco Multifuncional, sortearemos 5 planos de 1 mês do FIT PERSONAL, que poderá ser transferido para um cônjuge, filho ou filha, pai ou mãe ou algum condômino.
9 – O resultado do sorteio com os ganhadores será realizado pelo Instagram da @fitanywhere.br, a partir das 18 horas do dia 15 de fevereiro de 2021, e ficará disponível por 24h.
10 – O sorteio será realizado utilizando um sorteador online automático.
11 – A organização, representada pela @fitanywhere.br, entrará em contato com os ganhadores por mensagem direta no Instagram ou via e-mail, para solicitar o envio dos dados pessoais e documentos comprobatórios de enquadramento nos critérios da campanha.
12 – Ao se submeterem ao sorteio, os participantes declaram ter lido e estarem de acordo com o presente regulamento e de suas condições.

Candidate-se!

Obra embargada – Justiça tira licença ambiental de condomínio em SC

Envie seu currículo (jpg, jpeg, png, pdf, doc, docs - máx 15mb)

Download cartilha pdf

OS CAMINHOS DO AVCB-CLCB Autor: Wagner Mora