Home / Últimas Notícias / Entenda como funciona o empréstimo com garantia em imóvel

Entenda como funciona o empréstimo com garantia em imóvel

Manos entregando una casa

Por Fabio Elizeu 

Fotos: Eliane Cunha

Muito difundido e utilizado no mercado norte-americano, o chamado home equity, conhecido no Brasil como empréstimo com garantia em imóvel, começa a se tornar um produto popular por aqui. Em tempos de inflação alta, desemprego e perda de renda do trabalhador, quem está endividado e possui um imóvel quitado pode realizar um empréstimo nessa modalidade. Mesmo para quem pretende ampliar seu negócio, abrir uma franquia ou concretizar o sonho da viagem de intercâmbio, esse tipo de operação pode ser uma boa alternativa, na medida em que garante a obtenção de um empréstimo em condições atrativas.

ELI_3078

Para esclarecer as dúvidas sobre essa modalidade de empréstimo o Sonho do Primeiro Imóvel entrevistou Maurício Quarezemin, diretor de rede e imobiliário do Pan.

Segundo Quarezemin, um dos principais produtos que o Pan possui no setor imobiliário é o home equity, chamado no banco de Crédito Fácil. “O home equity nada mais é do que você pegar o seu imóvel, oferecê-lo como garantia ao banco e receber um empréstimo de até 60% do valor de avaliação – que é o que a legislação atual permite. Cada banco possui as suas condições. No Pan, financiamos em até 20 anos, com taxa de juros de 1,23% ao mês (15,80% ao ano), com indexador IGPM e pela tabela SAC”, explica o executivo (veja a tabela com as condições abaixo).

Consultoria diferenciada – Um ponto importante para o Pan é o atendimento vinculado à consultoria financeira. Como o home equity é um produto relativamente novo no Brasil, algumas pessoas têm receio de utilizar o imóvel (na maioria das vezes o único que possuem) como garantia. “O papel do consultor quando o cliente vai à loja solicitar o empréstimo, é orientá-lo para que faça a operação de forma consciente, mostrando os detalhes, custos e, principalmente, recomendar que financie o percentual que garanta que ele irá utilizar o dinheiro da melhor forma possível, muitas vezes sem a necessidade de alienar 60% do valor do imóvel”, diz Quarezemin.

Tabela 13

O Crédito Fácil – Um ponto importante sobre o Crédito Fácil, de acordo com o executivo do banco, é que o cliente que procura essa modalidade de empréstimo, hoje, é aquele que tem o objetivo de resolver alguma necessidade do momento.  “Notamos uma procura maior por pessoas que querem resolver alguma questão pessoal, principalmente quando se trata de reestruturação de dívida. O home equity, por ser uma linha de financiamento de longo prazo, refresca bastante o fluxo de caixa das pessoas. Digamos que você possui uma dívida no cheque especial, Crédito Direto ao Consumidor (CDC), ou uma dívida de prazo mais curto e mais cara. Com o home equity você pode reestruturar essa dívida toda de curto prazo (utilizando seu imóvel como garantia), alongando a uma taxa de 1,23% ao mês, melhorando seu fluxo de caixa. Trocar uma dívida de curto prazo por uma dívida de longo prazo faz sentido”.

Análise e finalidade do empréstimo– Mesmo que você tenha um imóvel quitado e esteja enquadrado em todas as condições para o empréstimo, isso não é garantia de que terá um home equity aprovado. Quarezemin explica que dependendo da finalidade de utilização do dinheiro, o banco não concede o crédito. “Vou dar um exemplo. Sou empresário e quero colocar meu imóvel em garantia para usar o crédito como capital de giro, um dinheiro de giro rápido para quitar salário dos empregados. O banco não vai conceder o crédito nessa condição. O mesmo vale para o empréstimo para troca de veículos, por exemplo. O banco vai conceder o empréstimo se o empresário quiser, por exemplo, reestruturar dívidas, alongar dívida, ampliar o seu negócio, comprar maquinário, etc”.

O executivo lembra que é feita uma análise global do cliente, verificando o que fará com o dinheiro, a origem dos rendimentos, se possui ou não patrimônio. “Se o cliente está utilizando o imóvel como garantia do negócio, então cabe ao banco também zelar por isso. Porque se ele faz uma operação mal calibrada, está colando seu imóvel em risco e isso não é bom para o banco e não é bom para o cliente” afirma Quarezemin.

Dinheiro para empreender – Além da reestruturação de dívida, o home equity também é uma boa opção para empreendedores.

“Temos uma parceria com a Associação Brasileira de Franchising (ABF). Para quem quer abrir um negócio nessa modalidade, há um simulador no site da instituição em parceria com o banco. Até então, o franqueado tinha apenas como opção de recurso o financiamento de Pessoa Jurídica com 48 meses, no máximo 60 meses para pagar o empréstimo. Hoje, pode ter sua franquia e pagar o empréstimo em até 20 anos, via home equity o que para o empresário faz todo o sentido”, esclarece.

ELI_3057

Sem se desfazer do bem – Uma outra parceria interessante do Pan é com a Rede Secovi de Imóveis. Vamos supor que uma pessoa quer vender seu imóvel porque possui uma dívida de curto prazo. O corretor de imóveis pode, simplesmente, sugerir que a pessoa utilize o imóvel como garantia no home equity, quite a dívida e ainda assim continue com o bem. “O mercado está bastante ofertado e não há tantos compradores assim. Então se estou vendendo o imóvel eu posso, como opção à venda, oferecer meu imóvel em garantia e, com dinheiro, fazer aquilo que eu estou precisando fazer. Se você derivar isso para a linha dos sonhos, eu tenho imóvel por exemplo em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte, utilizo o imóvel que tenho em São Paulo, faço um home equity, levanto recursos e compro uma casa na praia ou um imóvel no campo, por exemplo”, afirma o executivo.

Acesse: http://goo.gl/M2i9G7

Rodrigo Karpat

Advogado militante e palestrante na área cível há mais de 10 anos, Dr. Rodrigo Karpat é sócio no escritório Karpat Sociedade de Advogados e referência em direito imobiliário e questões condominiais. Pós-graduado em Direito Processual Civil pela Pontifica Universidade Católica (PUC/SP), tem cursos complementares de Direito Imobiliário pelas Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU) e Direito Imobiliário e Registral pela Associação dos Advogados de São Paulo (AASP). Além disso, foi membro da Comissão de ética e Julgamento do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI-SP) por seis anos, além de ser palestrante pelo CRECI-SP e também professor do Curso de Síndico Profissional da Gabor RH; colunista do site Síndico Net e do Jornal Folha do Síndico e consultor da Rádio Justiça de Brasília e da OK FM. Apresentador do programa Vida em Condomínio da TV CRECI.

Ricardo Karpat

Diretor da Gábor RH. Especialista em Recursos Humanos. Formado em Administração de Empresas pela FAAP e Pós Graduado em Marketing pela Universidade Mackenzie. Colunista do site "Catho" e do Jornal "Folha do Síndico". Colunista do programa de Rádio Meia Hora com o Dr. Condomínio / Brasília. Frequentes entrevistas para TV Globo, Site Uol e Jornal Diário de São Paulo.

Gabriel Karpat

Formado em economia pela PUC/SP e em Mediação e Arbitragem - FGV. Membro da Junta Conciliação (CRECI). Coordenador do Curso Sindico Profissional (Gábor RH) e Professor do Curso de Síndico (SindicoNet). Diretor da GK Administração de Bens Ltda. e Consultor de Condomínios do Site SindicoNet. Autor do Manual Prático do Síndico (Ed. Hemus), Condomínios - Orientação e Prática (Ed.Forense), 3ª Gestão Condominial (em andamento), além de ser articulista de diversos veículos.

Cristiano de Souza Oliveira

Advogado, Consultor Jurídico há mais de 18 anos. Graduou-se em Direito pela Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo/SP, Mestrando em "Resolución de Conflictos y Mediación" (Resolução de Conflitos e Mediação), possuindo vários cursos de formação profissionalizante na área jurídica. Membro associado da Associação dos Advogados de São Paulo - Atualmente, possui como foco principal de suas atividades, o Direito Condominial e Civil, sendo consultor jurídico de vários condomínios e administradoras de condomínios, autor do livro "SOU SÍNDICO, E AGORA? Reflexões sobre o Código Civil e a Vida Condominial em 11 lições " editado pelo Grupo Direcional. é colunista de diversos órgãos da mídia especializada, destacando: Revista e Site Direcional Condomínios, Site Sindiconet e Site Condomínio em Foco, tendo recebido em 2008 Menção Honrosa no 2°. Premio ABRACOPEL de Jornalismo - "Segurança nas Instalações Elétricas" pela coluna que assinava no site do Programa Casa Segura, intitulada "Reflexões de um Síndico no Condomínio Edilício". Ministra cursos, palestras, seminários e conferências sobre o tema Condomínio.

Alfredo Pasanisi

Especialista em direito imobiliário e cobrança judicial e extrajudicial. Graduado em direito pela USP e pós-graduado em direito imobiliário pela EPD - Escola Paulista de Direito. Professor e síndico profissional, além de ser Coordenador Jurídico do escritório Karpat Sociedade de Advogados.

Alexandre Marques

Advogado militante na área Condominial; Pós-Graduado em Processo Civil pela PUC-SP; Especializado em Direito Imobiliário pelo UniFMU; Especializado em Processo Civil pela ESA/OAB/SP; Conferencista do curso de Pós-Graduação em Direito Imobiliário na Faculdade 2 de Julho (Salvador) e Diretor de Ensino da Assosíndicos (Associação de Síndicos de Condomínios Residenciais e Comerciais do Estado de São Paulo), Monitor do Instituto Pró-Síndico, Coautor do Audiolivro: "Tudo o que você precisa ouvir sobre Locação" (Editora Saraiva) e Autor do livro: "Legislação Condominial, uma abordagem prática" (Editora Educamais, Prelo), Coautor do livro "Aspectos Disciplinares de ética no Exercício da Advocacia" (Editora Letras Jurídicas, 2ª Edição, 2015/6), Colunista do sites especializados "Sindiconet" e "Licitamais", revista "Cadê o Síndico?" (Salvador/BA), articulistas de vários meios de mídia como a o programa "Metrópole Imobiliário" da Rádio Metrópole FM (Salvador/Bahia); "Edifício Legal" da rádio CBN-RO e "A hora do povo" da rádio Capital-SP, Sócio da Alexandre Marques Sociedade de Advogados.

Aldo Junior

Conteúdo em aguardo.

Inaldo Dantas

Advogado, com larga experiência na área condominial onde atua desde o ano de 1987, é Presidente do Secovi-PB, jornalista, membro titular da Câmara Brasileira do Comércio e Serviços Imobiliários da Confederação Nacional do Comércio (CBCSI-CNC - Brasília-DF), editor e fundador da Revista Condomínio, coordenador do PROJETO CONDOMÍNIO CIDADÃO. Participa frequentemente do Bom Dia Pernambuco-Rede Globo como advogado convidado, colunista dos portais Sindiconet e Sindiconews (São Paulo), do Jornal Correio da Paraíba, do Jornal Sindiconews (São Paulo), apresentador do programa TV CONDOMÍNIO (TV MASTER), organizador da FESINDICO: FEIRA DE CONDOMÍNIOS DO NORDESTE (7ª. Edição em 2015 no Centro de Convenções de Pernambuco), autor do Livro Prático do Síndico (Ed. Santa Luiza 20ª. edição), autor do Livro O Condomínio ao Alcance de Todos (Ed. Santa Luiza), e palestrante na área.

Marcelo Alves

Atua desde 94 em Condomínio. Formado em economia pela UNIP, Bacharel em Direito; Certificado de Síndico Profissional RH Gabor 2015 (Módulo I e II); Palestrante e articulista em diversos veículos da mídia. Implementou diversos casos de sucesso para condomínio, com o intuito de reduzir gastos e promover melhorias.

Marcelo Fonseca

Graduado em Direito (FMU) e pós-graduado em Direito Processual Civil pela PUC-SP. Com extensão nos cursos de Direito Imobiliária (AASP) e Direito Civil (ESA-OAB). Responsável pela coordenação e acompanhamento da carteira de cobrança da Karpat Sociedade de Advogados.

Thiago Natalio

Advogado sócio na Empresa Natalio de Souza Advogados, Pós-Graduado em Direito Imobiliário, Direito do Trabalho e Processo do Trabalho pela Escola Paulista de Direito e Graduado na Universidade São Judas Tadeu (2009). Colunista do Jornal do Síndico, Revista Direcional Condomínios, Jornal Fato Jurídico entre outras mídias e Palestrante da Unisíndico. Membro Efetivo das Comissões de Direito das Pessoas com Deficiência da OAB, OAB visita a Faculdade, Jovem Advogado, Direito Urbanístico e Imobiliário.

Lessiene M. dos S. Sardinha

Graduada em Direito pela FIB - Faculdades Integradas da Bahia, Pós-Graduanda em Direito Processual Civil pela Universidade Salvador-UNIFACS, Especialista em Direito Imobiliário, Membro da Ordem dos Advogados do Brasil, Secção Salvador, advogada atuante nas áreas de Direito Imobiliário, Direto Condominial, Direito Cível e Direito do Consumidor, diretora da empresa Supremo Cobrança e Recuperação de Crédito, Membro do Instituto Baiano de Direito Imobiliário, Consultora Jurídica do programa Cadê o Síndico da Rádio Metrópole FM, colunista da revista Cadê o Síndico.

André Luiz Junqueira

Advogado com mais de 10 anos de experiência e autor do livro “Condomínios – Direitos & Deveres”. Pós-graduado em Direito Civil e Empresarial pela Universidade Veiga de Almeida (UVA). MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Certificado em Negotiation and Leadership pela Harvard Law School (HLS). Professor convidado da Escola Superior de Advocacia (ESA) da OAB/RJ, SECOVIRio, ABADI, ABAMI e Gábor RH (SP). Membro da Comissão de Direito Imobiliário da OAB/RJ. Membro da Associação Brasileira de Advogados do Mercado Imobiliário (ABAMI). Colunista do site SindicoNet e Universo Condomínio.

Maicon Puliese

Síndico Profissional, Gerente de Condomínios – Ápice Administração de Condomínios S/S. Atua na área de gestão a 7 anos mas com condomínios somente a 3 anos.

Voltar ao Topo
LiveZilla Live Chat Software