Síndico e o final de ano

Saiba como preparar o condomínio para o período

O final do ano é um período muito esperado por todos! Todo mundo fica de olho naquelas semanas de férias, além das festas que compõe o período.

E é claro que o condomínio precisa também se preparar para esse período. Seja reforçando a segurança por ficar mais cheio ou mais vazio, detalhes da decoração de Natal e até na parte financeira: tudo é importante e não deve ser ‘deixado para lá’.

“É uma época que pede bastante do condomínio: muitos têm mais uso nesse período”, analisa Ricardo Karpat, diretor da Gábor RH.

Para facilitar, elencamos abaixo as medidas a serem tomadas, de acordo com cada área. Confira!

– Segurança

“No dia de Natal, pode ser que haja festa em mais de 40, 50 unidades. É fundamental que o porteiro tenha calma para receber a todos dentro dos procedimentos de segurança do condomínio”, analisa Ricardo Karpat.

O síndico pode ajudar com uma circular já avisando sobre a situação, e sugerir uma lista para os moradores deixarem na portaria com nome e documento dos convidados – o que já ajuda a agilizar a entrada nos dias das festividades.

Essa medida, porém, não evita que a portaria cheque todos os convidados.

– Decoração de final de ano

Decorar as áreas comuns é uma tradição em diversos condomínios de norte a sul do país. Alguns cuidados, porém, devem ser tomados.

“É importante que o investimento conste na previsão orçamentária, de forma a não pesar nos gastos”, analisa Gabriel Karpat.

Isso porque caso o gasto ultrapasse o que estava previsto, é necessário que seja aprovado em assembleia esse acréscimo.

Outro ponto importante acerca das decorações de final de ano são as árvores. Em muitos municípios, é proibido que as mesmas sofram intervenções com pregos e outros itens que possam machucá-las. Nesses casos, é importante que se siga o que pede a legislação, já que uma multa por crime ambiental pode custar bastante para o condomínio.

Outro ponto sobre as luzes da decoração: é importante fazer uma revisão desses itens, para saber o que ainda é seguro usar.

“É preciso ter muito cuidado com esses equipamentos. Já vimos muitos incidentes do tipo devido a essas luzes”, pesa o advogado especialista em condomínios Marcio Spimpolo.

Ainda sobre o tema, é importante que todos os credos sejam respeitados na decoração de final de ano.

“Não precisa uma decoração extremamente natalina ou cristã. Em um condomínio podem morar cristãos, judeus, muçulmanos e ateus. O ideal é uma decoração que não remeta tanto a símbolos religiosos”, aponta Nilton Savieto, síndico profissional.

Vale dizer que está liberado decorar a varanda e as janelas privativas. “Há síndicos que dizem que não pode, mas não há problema nenhum. Não configura alteração de fachada uma vez que a mesma é transitória”, analisa Marcio Spimpolo.

– Funcionários trabalhando

Um problema bastante comum em qualquer empresa que precise funcionar normalmente nas semanas de Natal e Ano Novo é como montar a escala.

“O ideal é que se faça uma troca e, se possível, ninguém trabalhe nas duas datas”, aponta Gabriel Karpat.

Para esses dois momentos, o síndico pode oferecer algo diferente, como uma ceia especial para quem estiver no condomínio trabalhando.

“Mesmo no seu posto de trabalho, não deixa de ser Natal ou Ano Novo. Oferecer uma ceia especial com certeza ajuda aquele colaborador que está longe da família”, assinala Nilton Savieto.

É importante ressaltar que, devido às férias e às festas, o final de ano não é uma época recomendada para folgas e férias dos funcionários.

“É um momento em que se demanda mais de todos: do porteiro que recebe mais encomendas e deve controlar melhor a entrada de visitantes, da equipe de limpeza, que terá que deixar tudo limpo como sempre – mas com mais gente circulando, por exemplo. Por isso, o condomínio deve contar com todo o time de colaboradores em ação”, analisa Ricardo Karpat.

– Bonificação do final do ano

Uma tradição em condomínios que pode deixar muita gente constrangida, as listas de final de ano com o nome dos moradores e quanto vão contribuir para a “caixinha” dos funcionários pode estar caindo em desuso.

Isso porque muitos empreendimentos já estão buscando formas de oferecer uma bonificação extra aos funcionários como agradecimento pelos serviços prestados durante o ano – e já fazendo a medida constar na previsão orçamentária.

“Uma opção é oferecer uma cesta de Natal com ótimos produtos para os funcionários. Em um empreendimento, vamos dar R$ 700 para cada colaborador do condomínio como ‘presente de final de ano’. Em outro, vamos oferecer metade do salário de cada função. Já é uma tradição em cada local”, explica Nilton.

Nas duas situações, o dinheiro empenhado na bonificação já estava previsto desde o começo do ano, e não vai pesar no bolso dos moradores.

“Há também outra opção: em empreendimentos mais chiques, os funcionários recebem esse presente por avaliação de desempenho. Vai de meio salário a dois salários. Também é importante salientar que todo esse dinheiro consta no contracheque do colaborador, o que evita transtornos futuros com ações trabalhistas”, ressalta Nilton.

O síndico profissional explica também que em todos os empreendimentos os moradores recebem um comunicado explicando que a bonificação já foi feita – e que a famosa “lista” não é necessária.

– Manutenção

Manter as áreas comuns funcionando em perfeito estado durante o final e começo de ano é importante, principalmente devido ao uso mais extenso e às chuvas fortes do período.

“Muito desagradável chamar a família para passar uns dias em casa e o elevador estar com problemas, a piscina fechada…”, pesa Gabriel Karpat.

Por isso, o síndico deve fazer, juntamente com o zelador e prestadores de serviços um apanhado geral de diversos itens do condomínio, como:

  • Elevador e geradores: devem estar sem nenhuma pendência de manutenção preventiva. São dois itens fundamentais para o dia-a-dia do local. O gerador deve estar com o filtro trocado e tanque cheio de combustível para estar pronto para uso
  • Extintores, mangueiras, bicos, tudo que é necessário no combate ao fogo deve estar em dia
  • Para-raios: uma demanda que deve estar com o laudo em dia, uma vez que é uma obrigação legal do síndico
  • Bombas de recalque devem passar por uma revisão detalhada para não faltar água
  • Bombas de escoamento precisam ser revisadas, devido ao período de chuvas
  • Portões: passar por uma revisão fina, para assegurar o funcionamento correto do equipamento
  • Calhas, ralos, barrilete, etc, devem ser checados, para garantir o escoamento correto da água da chuva
  • Piscina: Checar a água, se há azulejos soltos e se o piso do deck está em conformidade com o que pede a lei

Outro ponto interessante sobre manutenção no final do ano são as reformas no condomínio, sejam nas áreas comuns ou privativas.

“Em alguns empreendimentos, há proibição pelo Regulamento Interno da execução de obras nesse período. Caso haja alguma em andamento, a mesma deve ser finalizada antes de dezembro ou parada para ser recomeçada apenas no começo de fevereiro. É uma forma de manter o período sem muita bagunça ou barulho de obras”, analisa Nilton Savieto.

Outra dica do síndico profissional diz respeito ao mosquito da dengue. “É dever de todos cuidar para que não haja água parada”.

-Finanças

Sabemos que janeiro é um mês complicado para as finanças do condomínio, uma vez que é no começo do ano que há uma série de itens a serem pagos, como: IPTU, IPVA, material escolar, etc.

Uma forma de evitar o aumento da inadimplência nesse período é já enviar, no final de novembro, os boletos de dezembro e janeiro.

“O ideal é que os moradores recebam não apenas o boleto com antecedência, mas também que haja uma comunicação clara sobre o assunto”, analisa Ricardo Karpat.

-Férias do síndico

Com as ferramentas de hoje, dificilmente o síndico teria que deixar de viajar para acompanhar algo que estivesse acontecendo no condomínio.

“O síndico não deve deixar o condomínio acéfalo. Pode ser ausentar, sim, mas deve deixar moradores, conselheiros e funcionários avisados sobre a data de partida e chegada”, explica Marcio Spimpolo.

Durante esse período, qualquer morador pode tomar a frente caso haja uma situação emergencial, como um cano estourado, por exemplo.

Além disso, é importante que os funcionários também saibam como agir com relação a alguma eventualidade.

“Disponibilizar um contato, mesmo um whastapp, é importante”, sinaliza Marcio.

– Comunicação para o período

Justamente por ser uma época festiva, e com mais gente circulando pelo condomínio, é fundamental que haja uma comunicação focada nas situações que devem ser evitadas, como:

  • Proibição de fogos de artifício: é proibido soltar fogos, seja da área comum ou da área privativa. É perigoso e pode causar incêndios e feridos
  • Barulho: As festas nas unidades acontecerão com mais frequência nesse período. É natural que os encontros se prolonguem um pouco além do horário permitido. Nesses casos é importante usar o bom senso. Um pouco de barulho até um horário razoável pode ser tolerado. Som altíssimo até altas horas da madrugada podem ser um problema, mesmo em datas festivas.
  • Bebidas alcoolicas: com as festas, alguns podem exagerar no álcool. É importante evitar que pessoas circulem pelas áreas comuns intoxicadas. Caso seja um convidado, é importante sinalizar o morador anfitrião, para evitar problemas com os outros vizinhos.
Compartilhe este conteúdo:
Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
WhatsApp
Email
Comentários:

Social Media

Mais Artigos

Não perca

Inscreva-se em nossa Newsletter

Receba os melhores conteúdos.

Categorias

Versão 1
Versão 2

Baixe já o informativo!

CONDOMÍNIOS E OS CUIDADOS NO FINAL DE ANO

Conteúdo grátis

Insira um email válido para receber materiais exclusivos

Receba nossas novidades!

Conteúdos exclusivos do setor condominial.

Fornecedores Planos

Você sabia que pode ter a sua marca junto aos nossos Fornecedores? Por apenas R$ 49,90 por mês, você agrega sua marca na nossa página de Fornecedores, sendo um ótimo espaço para você receber cotações e se aproximar dos seus clientes.

Você quer mais? Calma, aqui temos a solução perfeita para a sua empresa. Caso queria agregar a sua marca em nossa HOME. O que não faltam são opções: Banner Destaque, Banner Lateral Topo, Banner Central, Banner lateral e banner central rodapé.
Confira nossos planos:

Plano Básico - logo na página de fornecedores mais pagina de contato

⦁ Banner Destaque

⦁ Banner Lateral Topo

⦁ Banner Central

⦁ Banner lateral

⦁ Banner central rodapé

Faça parte da nossa rede de fornecedores e fique visível!

Regulamento

Regras

1 – Preencher o formulário de inscrição;

2 – Curtir a foto oficial na página da Editora Bonijuris e seguir os perfis da  @editorabonijuris e @universocondominio

3 – O sorteio será feito para todos os inscritos cadastrados nesse site e que cumprirem os requisitos da campanha.

4 – Informações inexatas no preenchimento do formulário de inscrição desclassificam o ganhador do sorteio.

5 – Serão sorteados 3 kits, contendo em cada um deles, 7 livros da Editora Bonijuris.  

6 – Os sorteios e divulgação dos vencedores serão realizados em três dias seguidos (27/01, 28,/01 e 29/01 de 2021) no Instagram da @editorabonijuris. Em cada dia será sorteado 01 (hum) Kit.

7 – O sorteio será realizado utilizando um sorteador online automático.

8 – A organização, representada pela @editorabonijuris, entrará em contato com os ganhadores por mensagem direta no Instagram ou via e-mail, para solicitar o envio dos dados pessoais e documentos comprobatórios de enquadramento nos critérios da campanha.

9 – Ao se submeterem ao sorteio, os participantes declaram ter lido e estarem de acordo com o presente regulamento e de suas condições.

Regulamento

Regras

1 – Preencher o formulário de inscrição na página https://www.universocondominio.com.br/promocao-fit-anywhere/ .
2 – Curtir a foto oficial nas páginas Universo Condomínio, Fit Anywhere e Karpat Advogados (não eliminatório).
3 – O síndico que cadastrar seu condomínio autoriza a criação de uma conta com os dados do condomínio no aplicativo FIT ANYWHERE, pelo prazo de 12 meses, sem custo algum ao condomínio. Após 12 meses, síndico e Fit Anywhere poderão negociar a continuidade da conta no aplicativo.
4 – O Banco será doado ao condomínio representado pelo síndico vencedor, para o uso de todos os condôminos e deverá haver um local coberto, com mais de 4m2 quadrados, em bom estado de conservação e de fácil acesso a todos os condôminos em que o banco deverá ficar.
5 – O condomínio vencedor do sorteio do Banco ganhará 30 dias de FIT CLASS para todos os usuários cadastrados a contar a partir da entrega do Banco Funcional.
6 – O sorteio será feito para todos os síndicos cadastrados no site e que cumprirem os requisitos da campanha. O frete da entrega do banco é grátis para a cidade de São Paulo. Demais cidades/estados, a Fit Anywhere dará até R$ 200,00 de subsídio para o frete que será por conta do ganhador.
7 – Informações inexatas no preenchimento do formulário de inscrição desclassificam o ganhador do sorteio.
8 – Além do Banco Multifuncional, sortearemos 5 planos de 1 mês do FIT PERSONAL, que poderá ser transferido para um cônjuge, filho ou filha, pai ou mãe ou algum condômino.
9 – O resultado do sorteio com os ganhadores será realizado pelo Instagram da @fitanywhere.br, a partir das 18 horas do dia 15 de fevereiro de 2021, e ficará disponível por 24h.
10 – O sorteio será realizado utilizando um sorteador online automático.
11 – A organização, representada pela @fitanywhere.br, entrará em contato com os ganhadores por mensagem direta no Instagram ou via e-mail, para solicitar o envio dos dados pessoais e documentos comprobatórios de enquadramento nos critérios da campanha.
12 – Ao se submeterem ao sorteio, os participantes declaram ter lido e estarem de acordo com o presente regulamento e de suas condições.

Candidate-se!

Síndico e o final de ano

Envie seu currículo (jpg, jpeg, png, pdf, doc, docs - máx 15mb)

Download cartilha pdf

OS CAMINHOS DO AVCB-CLCB Autor: Wagner Mora