Comunicação no condomínio

WhatsApp se firma como canal prioritário entre síndico e moradores

Uma necessidade cada vez mais básica e cobrada dos síndicos é uma boa comunicação com moradores, funcionários e outros parceiros no condomínio. Mas como fazer isso?

Se antigamente o livro de ocorrências era o canal mais indicado para que todos se comunicassem com o síndico, hoje, a plataforma escolhida é muito mais dinâmica: o WhatsApp. Se há alguns anos era impensável que essa ferramenta seria a mais presente para conectar a todos dentro do condomínio, hoje esse raciocínio se torna ultrapassado.

Hoje, não participar dos grupos de WhatsApp deixou de ser opcional. Tem até quem perca vagas por conta disso, como narra o advogado especializado em condomínio Cezar Nantes.

“Estava participando de uma assembleia para eleição de síndico profissional. Um deles seria eleito, mas avisou que não oferece o número de celular e nem participa de grupos de WhatsApp. Como resultado, acabou perdendo a vaga para outra pessoa”.

Realmente, oferecer o número do celular deixou de ser um diferencial: é necessidade básica, principalmente para síndicos profissionais.

“É uma segurança importante para os moradores, pois entendem que assim poderão encontrar o síndico em um momento de emergência”, argumenta Gabriel Karpat, diretor da administradora GK.

Organizando a comunicação

O WhatsApp virou a forma preferida da maioria das pessoas se comunicarem por ser rápido, grátis e extremamente popular – a grande maioria dos smartphones suporta seu uso.

Mas uma coisa é oferecer o número para os moradores poderem alcançar o síndico em um momento de real urgência ou necessidade. Outra muito diferente são os moradores acreditarem que o síndico deve responder qualquer dúvida em tempo real.

“O síndico tem direito à vida privada, ao descanso. É importante combinar um período máximo de resposta para as perguntas enviadas a ele, sejam elas mandadas por whatsApp ou por qualquer outro meio”, aponta Gabriel Karpat.

O ideal é que o síndico não demore mais do que dois ou três dias para responder a uma demanda de um morador. Caso a resposta precise de um levantamento de dados, por exemplo, ele deve explicar isso a quem fez a pergunta – e realmente enviar a resposta depois.

“Os moradores, da mesma forma, merecem ter suas dúvidas respondidas, ainda mais em um período mais longo de tempo”, pesa Gabriel.

Para o síndico profissional Nilton Savieto, o uso do WhatsApp é bastante tranquilo, mesmo administrando 13 empreendimentos.

“Acho que se você foca em uma boa gestão, em manutenção preventiva e preditiva, não há tantos acidentes e urgências assim”, explica ele.

O síndico profissional conta que todas as manhãs os zeladores fazem seu check-list matinal e já mandam para ele, quase que em tempo real, o que estava fora do esperado e se já foi arrumado.

“Tenho esse procedimento com os funcionários, até para poder responder rapidamente caso haja questionamento por parte dos moradores. É importante ter essa comunicação também com os funcionários”, argumenta Nilton.

E falando em questionamentos, naturais na vida em condomínio, a melhor forma de evitar aquele constrangimento de ter sempre alguém no pé do síndico é simples: o mesmo estar disponível para conversar com os moradores – independente da plataforma.

“Sempre falo para os síndicos que o pior momento para se comunicar com os moradores é no momento da assembleia. Se o gestor se fecha para conversas com a comunidade, fica difícil para os moradores se tranquilizarem”, afirma Gabriel.

Regras para o grupo de WhatsApp

É importante, sim, que o síndico esteja disponível para os moradores em formas que todos consigam falar e ser ouvidos. Mas isso não significa que todos podem falar o que quiserem, sem maiores problemas.

“Esse ano já vimos na mídia diversos processos de danos morais por conta de grupos desse tipo em condomínios. É importante ficar de olho e estar sempre de olho nas regras”, analisa Cezar Nantes.

Para evitar esse tipo de problema, é fundamental que o grupo tenha regras claras.

  1. Nada de bom dia, humor, futebol, religião: o grupo deve ser relacionado à vida em condomínio. Assim, evitam-se também polêmicas desnecessárias
  2. Evite acusações sem provas: escrever algo que não possa provar pode levar a um processo de calúnia, difamação e até danos morais. O ideal é não escrever de cabeça quente.
  3. Quer falar com o síndico? Marque-o no grupo. Basta usar o “@” antes do seu nome, ajuda bastante a achar uma mensagem
  4. Para cada necessidade, um grupo: Vale o síndico participar de vários grupos – um só com o conselho, outro apenas com os funcionários e ainda um para os moradores. Em todos o respeito e a verdade devem nortear todas as postagens
  5. Síndico online não significa síndico disponível: O síndico também tem direito de entrar nas suas mensagens e não checar, a cada minuto, o grupo do condomínio. Se tiver um assunto realmente urgente, ligue para o gestor

Os grupos de WhatsApp são para todo mundo?

O advogado Marcio Spimpolo opina que não.

“Se o síndico é uma pessoa que fica mais defensiva, mais nervoso ou truculento, sugiro que ele não participe de grupos. Nesse tipo de ambiente, os insatisfeitos costumam ‘crescer’ de forma desproporcional, agindo de uma forma que pode desestabilizar o síndico”, argumenta o advogado.

Se o uso do aplicativo for imperativo, uma forma de se comunicar com todos os moradores sem participar das polêmicas, o ideal é montar uma lista de transmissão. Dessa forma, o síndico consegue passar as informações necessárias para os moradores, mas os mesmos responderão apenas ao síndico.

Para os gestores que realmente não se identificarem com o uso de WhatsApp – principalmente de grupos no aplicativo – é fundamental que haja um outro canal de comunicação com os moradores.

 “É fundamental para qualquer gestão que o síndico se comunique com os moradores. Se isso não acontece, dá razão para os moradores estranharem”, argumenta Márcio.

Outras plataformas para se comunicar com os moradores

Elemídia: uma ótima forma de mandar pequenos lembretes e recados para os moradores. Não insere imediatamente uma notícia que seja necessária, mas para avisos de médio/longo prazo, lembretes, etc, é uma ótima ferramenta

Site do condomínio: a maioria das grandes administradoras oferece um site para os condomínios. Nesses portais, é possível mandar e receber recados para o síndico, administradora, zelador, reservar espaços de lazer, etc.

App do condomínio: uma ferramenta parecida com o site, com a diferença que foi pensado para ser usado em smartphones e tablets.

E-mail: o síndico manter um endereço eletrônico pode ser uma ótima forma de se comunicar com os moradores. O ideal é que haja um período máximo para que o síndico responda aos questionamentos nos moradores – não maior que dois ou três dias

Livro de ocorrências: a forma mais antiga de se registrar ocorrências no condomínio. É um livro que fica na portaria, onde os moradores escrevem dúvidas, sugestões e reclamações. Entrou em desuso, principalmente, devido à falta de privacidade. O morador registrava ali suas questões e o conteúdo ficava acessível para os próximos que pegasse o livro.

Jornalzinho do condomínio: uma forma mais analógica do síndico se comunicar com os moradores, principalmente se impresso. Geralmente mensal, o síndico registra no jornalzinho as benfeitorias executadas no período, novos funcionários e outras novidades

Compartilhe este conteúdo:
Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
WhatsApp
Email
Comentários:

Social Media

Mais Artigos

Não perca

Inscreva-se em nossa Newsletter

Receba os melhores conteúdos.

Categorias

Versão 1
Versão 2

Baixe já o informativo!

CONDOMÍNIOS E OS CUIDADOS NO FINAL DE ANO

Conteúdo grátis

Insira um email válido para receber materiais exclusivos

Receba nossas novidades!

Conteúdos exclusivos do setor condominial.

Fornecedores Planos

Você sabia que pode ter a sua marca junto aos nossos Fornecedores? Por apenas R$ 49,90 por mês, você agrega sua marca na nossa página de Fornecedores, sendo um ótimo espaço para você receber cotações e se aproximar dos seus clientes.

Você quer mais? Calma, aqui temos a solução perfeita para a sua empresa. Caso queria agregar a sua marca em nossa HOME. O que não faltam são opções: Banner Destaque, Banner Lateral Topo, Banner Central, Banner lateral e banner central rodapé.
Confira nossos planos:

Plano Básico - logo na página de fornecedores mais pagina de contato

⦁ Banner Destaque

⦁ Banner Lateral Topo

⦁ Banner Central

⦁ Banner lateral

⦁ Banner central rodapé

Faça parte da nossa rede de fornecedores e fique visível!

Regulamento

Regras

1 – Preencher o formulário de inscrição;

2 – Curtir a foto oficial na página da Editora Bonijuris e seguir os perfis da  @editorabonijuris e @universocondominio

3 – O sorteio será feito para todos os inscritos cadastrados nesse site e que cumprirem os requisitos da campanha.

4 – Informações inexatas no preenchimento do formulário de inscrição desclassificam o ganhador do sorteio.

5 – Serão sorteados 3 kits, contendo em cada um deles, 7 livros da Editora Bonijuris.  

6 – Os sorteios e divulgação dos vencedores serão realizados em três dias seguidos (27/01, 28,/01 e 29/01 de 2021) no Instagram da @editorabonijuris. Em cada dia será sorteado 01 (hum) Kit.

7 – O sorteio será realizado utilizando um sorteador online automático.

8 – A organização, representada pela @editorabonijuris, entrará em contato com os ganhadores por mensagem direta no Instagram ou via e-mail, para solicitar o envio dos dados pessoais e documentos comprobatórios de enquadramento nos critérios da campanha.

9 – Ao se submeterem ao sorteio, os participantes declaram ter lido e estarem de acordo com o presente regulamento e de suas condições.

Regulamento

Regras

1 – Preencher o formulário de inscrição na página https://www.universocondominio.com.br/promocao-fit-anywhere/ .
2 – Curtir a foto oficial nas páginas Universo Condomínio, Fit Anywhere e Karpat Advogados (não eliminatório).
3 – O síndico que cadastrar seu condomínio autoriza a criação de uma conta com os dados do condomínio no aplicativo FIT ANYWHERE, pelo prazo de 12 meses, sem custo algum ao condomínio. Após 12 meses, síndico e Fit Anywhere poderão negociar a continuidade da conta no aplicativo.
4 – O Banco será doado ao condomínio representado pelo síndico vencedor, para o uso de todos os condôminos e deverá haver um local coberto, com mais de 4m2 quadrados, em bom estado de conservação e de fácil acesso a todos os condôminos em que o banco deverá ficar.
5 – O condomínio vencedor do sorteio do Banco ganhará 30 dias de FIT CLASS para todos os usuários cadastrados a contar a partir da entrega do Banco Funcional.
6 – O sorteio será feito para todos os síndicos cadastrados no site e que cumprirem os requisitos da campanha. O frete da entrega do banco é grátis para a cidade de São Paulo. Demais cidades/estados, a Fit Anywhere dará até R$ 200,00 de subsídio para o frete que será por conta do ganhador.
7 – Informações inexatas no preenchimento do formulário de inscrição desclassificam o ganhador do sorteio.
8 – Além do Banco Multifuncional, sortearemos 5 planos de 1 mês do FIT PERSONAL, que poderá ser transferido para um cônjuge, filho ou filha, pai ou mãe ou algum condômino.
9 – O resultado do sorteio com os ganhadores será realizado pelo Instagram da @fitanywhere.br, a partir das 18 horas do dia 15 de fevereiro de 2021, e ficará disponível por 24h.
10 – O sorteio será realizado utilizando um sorteador online automático.
11 – A organização, representada pela @fitanywhere.br, entrará em contato com os ganhadores por mensagem direta no Instagram ou via e-mail, para solicitar o envio dos dados pessoais e documentos comprobatórios de enquadramento nos critérios da campanha.
12 – Ao se submeterem ao sorteio, os participantes declaram ter lido e estarem de acordo com o presente regulamento e de suas condições.

Candidate-se!

Comunicação no condomínio

Envie seu currículo (jpg, jpeg, png, pdf, doc, docs - máx 15mb)

Download cartilha pdf

OS CAMINHOS DO AVCB-CLCB Autor: Wagner Mora