Municipio de SP deve limpar imóvel construído irregularmente que acumula entulho

A 14ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo determinou, liminarmente, que a prefeitura faça vistoria interna de um imóvel construído irregularmente e promova a remoção do lixo e entulho presente no local, a fim de tutelar a saúde dos moradores e vizinhos.

Moradores de um pequeno edifício no bairro da Aclimação na Capital, denunciaram os transtornos causados por uma obra irregular em um terreno vizinho ao prédio. Segundo os moradores, foram construídos três novos pavimentos sobre o sobrado, com perigo de desabamento e uso de material inflamável que ocasiona o risco de incêndio.

A área do terreno privado também apresenta condições de higiene precaríssimas e os entulhos permanecem no local, acumulando sujeira e permitindo a infestação de insetos e roedores. Acionada para tomar providências, a Prefeitura teria multado o proprietário e embargado a obra, mas, na prática, o problema só se agrava.

O mau cheiro, acúmulo de lixo, animais mortos e risco de desabamento, somada a inércia do Poder Público, fez com que os seis proprietários das unidades do condomínio, ingressassem com ações autônomas, com o objetivo de impedir a construção ilegal, bem como pela remoção, demolição e limpeza do terreno. Os condôminos pedem pela responsabilização do município e da proprietária do imóvel.

Em decisão recente, proferida em um dos processos, o juiz Randolfo Ferraz de Campos afirmou que a prova documental indica que, no terreno citado foi feita construção totalmente irregular, extremamente precária, e com grande acúmulo de lixo, materiais inservíveis e materiais de construção de natureza indefinida, o que tem gerado proliferação de ratos e, com grande probabilidade, de outras espécies de animais peçonhentos.

De acordo com o magistrado, a degradação é tamanha que em outro processo foi a proprietária já foi condenada a abster-se de dar continuidade à obra que vem executando no imóvel, bem como a promover sua demolição, e a providenciar a limpeza completa do imóvel.

“Presente, pois, a probabilidade do direito alegado e o risco é inerente à própria condição do imóvel pelo seu alto grau de insalubridade, a par da condição muito precária da construção, tanto para quem nela reside como para imóveis vizinhos, particularmente e mesmo o do autor (pois é do imóvel aqui cuidado vizinho imediato)”, concluiu o juiz ao deferir a liminar.

O município de São Paulo pediu pela reconsideração da medida, pois existiria “um caos processual”, já que as seis ações foram distribuídas para seis juízos diferentes, acarretando em, até o momento, cinco decisões liminares diferentes, que determinam que sejam tomadas atitudes diferentes pelo munícipio sobre o imóvel, o que acaba acarretando na impossibilidade de cumprimento destas (o município não poderia cumprir algumas, sem desrespeitar outras).

Ferraz de Campos entendeu que, no momento, se impõe o cumprimento de sua própria decisão, uma vez que a situação é grave e as medidas impostas na liminar convergem ou não são contrárias às decisões anteriores dos outro processos.

“Deve a ré cumprir a decisão dada por este Juízo ante a urgência considerada, sem maiores delongas que possam gerar danos graves e irreversíveis”, finalizou. Até o início do mês de março a prefeitura ainda não havia tomado nenhuma medida para limpeza do imóvel. Os condôminos foram representados pelo advogado Diego Viegas Nardini.

Clique aqui para ler a decisão
Processo 1069223-29.2021.8.26.005

Fonte: https://www.conjur.com.br/

Compartilhe este conteúdo:
Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
WhatsApp
Email
Comentários:

Social Media

Mais Artigos

Não perca

Inscreva-se em nossa Newsletter

Receba os melhores conteúdos.

Categorias

Versão 1
Versão 2

Baixe já o informativo!

CONDOMÍNIOS E OS CUIDADOS NO FINAL DE ANO

Conteúdo grátis

Insira um email válido para receber materiais exclusivos

Receba nossas novidades!

Conteúdos exclusivos do setor condominial.

Fornecedores Planos

Você sabia que pode ter a sua marca junto aos nossos Fornecedores? Por apenas R$ 49,90 por mês, você agrega sua marca na nossa página de Fornecedores, sendo um ótimo espaço para você receber cotações e se aproximar dos seus clientes.

Você quer mais? Calma, aqui temos a solução perfeita para a sua empresa. Caso queria agregar a sua marca em nossa HOME. O que não faltam são opções: Banner Destaque, Banner Lateral Topo, Banner Central, Banner lateral e banner central rodapé.
Confira nossos planos:

Plano Básico - logo na página de fornecedores mais pagina de contato

⦁ Banner Destaque

⦁ Banner Lateral Topo

⦁ Banner Central

⦁ Banner lateral

⦁ Banner central rodapé

Faça parte da nossa rede de fornecedores e fique visível!

Regulamento

Regras

1 – Preencher o formulário de inscrição;

2 – Curtir a foto oficial na página da Editora Bonijuris e seguir os perfis da  @editorabonijuris e @universocondominio

3 – O sorteio será feito para todos os inscritos cadastrados nesse site e que cumprirem os requisitos da campanha.

4 – Informações inexatas no preenchimento do formulário de inscrição desclassificam o ganhador do sorteio.

5 – Serão sorteados 3 kits, contendo em cada um deles, 7 livros da Editora Bonijuris.  

6 – Os sorteios e divulgação dos vencedores serão realizados em três dias seguidos (27/01, 28,/01 e 29/01 de 2021) no Instagram da @editorabonijuris. Em cada dia será sorteado 01 (hum) Kit.

7 – O sorteio será realizado utilizando um sorteador online automático.

8 – A organização, representada pela @editorabonijuris, entrará em contato com os ganhadores por mensagem direta no Instagram ou via e-mail, para solicitar o envio dos dados pessoais e documentos comprobatórios de enquadramento nos critérios da campanha.

9 – Ao se submeterem ao sorteio, os participantes declaram ter lido e estarem de acordo com o presente regulamento e de suas condições.

Regulamento

Regras

1 – Preencher o formulário de inscrição na página https://www.universocondominio.com.br/promocao-fit-anywhere/ .
2 – Curtir a foto oficial nas páginas Universo Condomínio, Fit Anywhere e Karpat Advogados (não eliminatório).
3 – O síndico que cadastrar seu condomínio autoriza a criação de uma conta com os dados do condomínio no aplicativo FIT ANYWHERE, pelo prazo de 12 meses, sem custo algum ao condomínio. Após 12 meses, síndico e Fit Anywhere poderão negociar a continuidade da conta no aplicativo.
4 – O Banco será doado ao condomínio representado pelo síndico vencedor, para o uso de todos os condôminos e deverá haver um local coberto, com mais de 4m2 quadrados, em bom estado de conservação e de fácil acesso a todos os condôminos em que o banco deverá ficar.
5 – O condomínio vencedor do sorteio do Banco ganhará 30 dias de FIT CLASS para todos os usuários cadastrados a contar a partir da entrega do Banco Funcional.
6 – O sorteio será feito para todos os síndicos cadastrados no site e que cumprirem os requisitos da campanha. O frete da entrega do banco é grátis para a cidade de São Paulo. Demais cidades/estados, a Fit Anywhere dará até R$ 200,00 de subsídio para o frete que será por conta do ganhador.
7 – Informações inexatas no preenchimento do formulário de inscrição desclassificam o ganhador do sorteio.
8 – Além do Banco Multifuncional, sortearemos 5 planos de 1 mês do FIT PERSONAL, que poderá ser transferido para um cônjuge, filho ou filha, pai ou mãe ou algum condômino.
9 – O resultado do sorteio com os ganhadores será realizado pelo Instagram da @fitanywhere.br, a partir das 18 horas do dia 15 de fevereiro de 2021, e ficará disponível por 24h.
10 – O sorteio será realizado utilizando um sorteador online automático.
11 – A organização, representada pela @fitanywhere.br, entrará em contato com os ganhadores por mensagem direta no Instagram ou via e-mail, para solicitar o envio dos dados pessoais e documentos comprobatórios de enquadramento nos critérios da campanha.
12 – Ao se submeterem ao sorteio, os participantes declaram ter lido e estarem de acordo com o presente regulamento e de suas condições.

Candidate-se!

Municipio de SP deve limpar imóvel construído irregularmente que acumula entulho

Envie seu currículo (jpg, jpeg, png, pdf, doc, docs - máx 15mb)

Download cartilha pdf

OS CAMINHOS DO AVCB-CLCB Autor: Wagner Mora