Home / Últimas Notícias / A inteligência Emocional do Sindico na Gestão do Condomínio

A inteligência Emocional do Sindico na Gestão do Condomínio

síndico-10

A emoção emana de todos nós de forma espontânea. Emocionamos-nos com diversas situações da vida cotidiana. O nascimento de um filho, a conclusão de uma faculdade ou a conquista de um sonho.
As emoções estão em nossas vidas. A cada dia fatos acontecem que nos trazem tristezas, alegrias e muitas emoções agregadas. Agora imagine como um sindico que administra inúmeros interesses que envolvem uma comunidade condominial deve se sentir.
Os sentimentos afloram na medida em que a complexidade da situação assim requer. As reuniões em condomínios trazem grande expectativa ao sindico que muitas vezes se vê sozinho e rodeado de “inimigos” que querem atingi-lo no fator emocional para alcançar seus objetivos.
Administrar emoções em prol de um objetivo fim é essencial para o sucesso de uma gestão condominial.
A falta de estrutura emocional, certamente trará ao sindico instabilidade em suas ações, combinado com decisões pelo simples impulso com certeza levarão ao erro.
O controle emocional em tese, naturalmente vai ocasionar uma maior tranquilidade e discernimento na tomada de decisões e na administração de situações delicadas em que o sindico se envolve comumente.
Entre as principais competências emocionais para uma gestão condominial estão a persistência, necessária para enfrentar desafios e adversidades, a introversão ótima aliada para a criatividade e a paciência a “mãe” do controle emocional num todo.
Saber se colocar no lugar do outro, neste caso o condômino é de suma importância para o sindico  entender a demanda, e saber no momento certo de atuar com delicadeza e sabedoria, resolvendo assim  o problema sem maiores desgastes.
Firmeza e ímpeto também são características emocionais muito importantes para um sindico emocionalmente equilibrado. Sem firmeza e segurança em suas ações, em breve será considerado um “banana”. Ser impetuoso sem ser apático, traz ao condômino a certeza de que elegeu um sindico firme e seguro para gerir seu patrimônio.
Conforme publicação do Instituto Eneagrama, em 2009 os nove perfis psicológicos do sindico apontam conforme estudo, as motivações básicas para ação das pessoas- no caso específico o sindico-  como ferramenta de autoconhecimento e superação de limitações:  

Tipo 1 – síndico persistente ou perfeccionista
Os síndicos que adotam o tipo um são centrados na ação, têm um senso prático que dá prioridade às tarefas a serem realizadas. A competência emocional é a persistência e isso faz deles pessoas tenazes e exigentes consigo mesmas. “Se comecei quero ir até o fim”.
O desafio é administrar a dose de persistência, que em excesso se transforma em raiva, que é um vício emocional. Quando estão seqüestrados pela raiva ficam excessivamente exigentes, e são conhecidos como “cri-cris”. Ninguém consegue chegar ao patamar de exigência deles e acabam frustrando aqueles que dão o seu melhor, mas segundo os olhos do “cri-cri”, ainda não é o suficiente.
Tipo 2 – síndico voluntarioso ou invasivo
Os síndicos que adotaram o tipo dois são centrados na emoção, têm uma percepção aguda dos outros, tornando-se conquistadores, que conseguem o que querem das pessoas. A competência emocional é a sensação de capacidade. “Se alguém conseguiu eu também posso”.  Seu entusiasmo contagia e estimula os que estão ao redor a também se sentirem capazes.
O desafio é administrar a dose de sensação de capacidade, que em excesso se transforma em orgulho, que é um vício emocional. Quando seqüestrados pelo orgulho ficam cheios de si mesmos. Acreditando que somente eles são capazes. “Se eu não estou aqui nada funciona”. Acabam sendo invasivos e não dão espaço pra ninguém.
Tipo 3 – síndico bem-sucedido ou narcisista
Os gestores condominiais que adotam o tipo três são centrados na ação ou no planejamento. São comunicadores hábeis e sua competência emocional é a adequação. Focados no resultado assimilam todas as alternativas que garantam o sucesso da empreitada. Estimulam os que estão juntos a conquistar resultados mais elevados. O desafio é dosar a adequação que em excesso se transforma em vaidade e acabam estressando todos em nome de uma excelência.

Tipo 4 – síndico original ou excêntrico
Os síndicos que adotaram o tipo quatro são pessoas centradas na emoção, são criativos e inovadores, propondo qualidade e requinte em tudo o que fazem, sua competência emocional é a introversão. Estimulam a todos que estão juntos a buscarem o melhor de si mesmos de forma original e autêntica. O desafio é dosar a introversão para que ela não se transforme no vício emocional da inveja, pois tornam-se pessoas críticas e muitas vezes irônicas, desprezando tudo o que não for tão original quanto eles.
Tipo 5 – Síndico analítico ou apático
Os síndicos que adotam o tipo cinco são centrados na mente, têm curiosidade pelo entendimento, tornando-se planejadores extremamente racionais, analisando de forma ampla os desdobramentos de todas as ações. Sua competência emocional é a desidentificação, que os torna pessoas que não são tomados pelo calor do momento e conseguem ter visões de longo prazo.
Estimulam todos a analisar de forma mais ampla e não serem impulsivos nas decisões. O desafio é dosar a desidentificação para que ela não se transforme no vício emocional da avareza, que deixa-os apáticos e distantes, atuando com um ar de superioridade intelectual.
Tipo 6 – síndico prudente ou medroso
Os síndicos que adotam o tipo seis são centrados na ação ou na emoção, buscam alternativas que garantam a ação e satisfaça os interesses do grupo. Sua competência emocional é a prudência e estimulam a todos a pensar em termos de ação e reação. Seu desafio é dosar a prudência para que ela não se transforme no vício emocional do medo, que faz deles pessoas controladoras, que querem tudo do seu jeito e evitam ser pegos de surpresa, argumentando de forma enfática o perigo que pode estar vindo.
Tipo 7 – síndico inovador ou inconstante
Os síndicos que adotam o tipo sete têm uma agilidade mental para lidar com várias coisas ao mesmo tempo. A competência emocional é a curiosidade e gostam de inovar. Estimulam todos a serem otimistas e olharem para o lado positivo. O desafio é dosar a curiosidade para que ela não se transforme em gula, que é o vício emocional da instabilidade. Querem mudar tudo e não respeitam a velocidade e valores dos outros.
Tipo 8 – síndico realizador ou confrontador
Os síndicos que adotam o tipo oito são centrados na ação, têm facilidade em mandar e liderar, dando prioridade à realização. Tudo ao seu redor tem de ser desafiador e sua competência emocional é o ímpeto. Estimulam aqueles que estão ao redor a assumir desafios e superar dificuldades. O desafio é dosar o ímpeto para que não se transforme em luxúria e comecem a ser mandões que intimidam os outros com seu apego à força e ao poder.
Tipo 9 – síndico conciliador ou indeciso

Os síndicos que adotam o tipo nove são centrados na emoção ou na mente, têm uma atitude mediadora, dando prioridade ao bem comum.
A competência emocional é a tolerância e estimulam a todos terem respeito pelas diferenças e harmonia nas relações. Seu desafio é não deixar a dose de tolerância se transformar em indolência, pois começam a procrastinar decisões e deixam de se posicionar, esperando que outros assumam a decisão.
Ser sindico não é fácil. Analisar com critério estes perfis psicológicos pode ajudar você sindico a definir uma postura diferente para poder lidar com tantas demandas no dia a dia da gestão condominial.

Texto: Aldo Junior

Rodrigo Karpat

Advogado militante e palestrante na área cível há mais de 10 anos, Dr. Rodrigo Karpat é sócio no escritório Karpat Sociedade de Advogados e referência em direito imobiliário e questões condominiais. Pós-graduado em Direito Processual Civil pela Pontifica Universidade Católica (PUC/SP), tem cursos complementares de Direito Imobiliário pelas Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU) e Direito Imobiliário e Registral pela Associação dos Advogados de São Paulo (AASP). Além disso, foi membro da Comissão de ética e Julgamento do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI-SP) por seis anos, além de ser palestrante pelo CRECI-SP e também professor do Curso de Síndico Profissional da Gabor RH; colunista do site Síndico Net e do Jornal Folha do Síndico e consultor da Rádio Justiça de Brasília e da OK FM. Apresentador do programa Vida em Condomínio da TV CRECI.

Ricardo Karpat

Diretor da Gábor RH. Especialista em Recursos Humanos. Formado em Administração de Empresas pela FAAP e Pós Graduado em Marketing pela Universidade Mackenzie. Colunista do site "Catho" e do Jornal "Folha do Síndico". Colunista do programa de Rádio Meia Hora com o Dr. Condomínio / Brasília. Frequentes entrevistas para TV Globo, Site Uol e Jornal Diário de São Paulo.

Gabriel Karpat

Formado em economia pela PUC/SP e em Mediação e Arbitragem - FGV. Membro da Junta Conciliação (CRECI). Coordenador do Curso Sindico Profissional (Gábor RH) e Professor do Curso de Síndico (SindicoNet). Diretor da GK Administração de Bens Ltda. e Consultor de Condomínios do Site SindicoNet. Autor do Manual Prático do Síndico (Ed. Hemus), Condomínios - Orientação e Prática (Ed.Forense), 3ª Gestão Condominial (em andamento), além de ser articulista de diversos veículos.

Cristiano de Souza Oliveira

Advogado, Consultor Jurídico há mais de 18 anos. Graduou-se em Direito pela Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo/SP, Mestrando em "Resolución de Conflictos y Mediación" (Resolução de Conflitos e Mediação), possuindo vários cursos de formação profissionalizante na área jurídica. Membro associado da Associação dos Advogados de São Paulo - Atualmente, possui como foco principal de suas atividades, o Direito Condominial e Civil, sendo consultor jurídico de vários condomínios e administradoras de condomínios, autor do livro "SOU SÍNDICO, E AGORA? Reflexões sobre o Código Civil e a Vida Condominial em 11 lições " editado pelo Grupo Direcional. é colunista de diversos órgãos da mídia especializada, destacando: Revista e Site Direcional Condomínios, Site Sindiconet e Site Condomínio em Foco, tendo recebido em 2008 Menção Honrosa no 2°. Premio ABRACOPEL de Jornalismo - "Segurança nas Instalações Elétricas" pela coluna que assinava no site do Programa Casa Segura, intitulada "Reflexões de um Síndico no Condomínio Edilício". Ministra cursos, palestras, seminários e conferências sobre o tema Condomínio.

Alfredo Pasanisi

Especialista em direito imobiliário e cobrança judicial e extrajudicial. Graduado em direito pela USP e pós-graduado em direito imobiliário pela EPD - Escola Paulista de Direito. Professor e síndico profissional, além de ser Coordenador Jurídico do escritório Karpat Sociedade de Advogados.

Alexandre Marques

Advogado militante na área Condominial; Pós-Graduado em Processo Civil pela PUC-SP; Especializado em Direito Imobiliário pelo UniFMU; Especializado em Processo Civil pela ESA/OAB/SP; Conferencista do curso de Pós-Graduação em Direito Imobiliário na Faculdade 2 de Julho (Salvador) e Diretor de Ensino da Assosíndicos (Associação de Síndicos de Condomínios Residenciais e Comerciais do Estado de São Paulo), Monitor do Instituto Pró-Síndico, Coautor do Audiolivro: "Tudo o que você precisa ouvir sobre Locação" (Editora Saraiva) e Autor do livro: "Legislação Condominial, uma abordagem prática" (Editora Educamais, Prelo), Coautor do livro "Aspectos Disciplinares de ética no Exercício da Advocacia" (Editora Letras Jurídicas, 2ª Edição, 2015/6), Colunista do sites especializados "Sindiconet" e "Licitamais", revista "Cadê o Síndico?" (Salvador/BA), articulistas de vários meios de mídia como a o programa "Metrópole Imobiliário" da Rádio Metrópole FM (Salvador/Bahia); "Edifício Legal" da rádio CBN-RO e "A hora do povo" da rádio Capital-SP, Sócio da Alexandre Marques Sociedade de Advogados.

Aldo Junior

Conteúdo em aguardo.

Inaldo Dantas

Advogado, com larga experiência na área condominial onde atua desde o ano de 1987, é Presidente do Secovi-PB, jornalista, membro titular da Câmara Brasileira do Comércio e Serviços Imobiliários da Confederação Nacional do Comércio (CBCSI-CNC - Brasília-DF), editor e fundador da Revista Condomínio, coordenador do PROJETO CONDOMÍNIO CIDADÃO. Participa frequentemente do Bom Dia Pernambuco-Rede Globo como advogado convidado, colunista dos portais Sindiconet e Sindiconews (São Paulo), do Jornal Correio da Paraíba, do Jornal Sindiconews (São Paulo), apresentador do programa TV CONDOMÍNIO (TV MASTER), organizador da FESINDICO: FEIRA DE CONDOMÍNIOS DO NORDESTE (7ª. Edição em 2015 no Centro de Convenções de Pernambuco), autor do Livro Prático do Síndico (Ed. Santa Luiza 20ª. edição), autor do Livro O Condomínio ao Alcance de Todos (Ed. Santa Luiza), e palestrante na área.

Marcelo Alves

Atua desde 94 em Condomínio. Formado em economia pela UNIP, Bacharel em Direito; Certificado de Síndico Profissional RH Gabor 2015 (Módulo I e II); Palestrante e articulista em diversos veículos da mídia. Implementou diversos casos de sucesso para condomínio, com o intuito de reduzir gastos e promover melhorias.

Marcelo Fonseca

Graduado em Direito (FMU) e pós-graduado em Direito Processual Civil pela PUC-SP. Com extensão nos cursos de Direito Imobiliária (AASP) e Direito Civil (ESA-OAB). Responsável pela coordenação e acompanhamento da carteira de cobrança da Karpat Sociedade de Advogados.

Thiago Natalio

Advogado sócio na Empresa Natalio de Souza Advogados, Pós-Graduado em Direito Imobiliário, Direito do Trabalho e Processo do Trabalho pela Escola Paulista de Direito e Graduado na Universidade São Judas Tadeu (2009). Colunista do Jornal do Síndico, Revista Direcional Condomínios, Jornal Fato Jurídico entre outras mídias e Palestrante da Unisíndico. Membro Efetivo das Comissões de Direito das Pessoas com Deficiência da OAB, OAB visita a Faculdade, Jovem Advogado, Direito Urbanístico e Imobiliário.

Lessiene Maria dos Santos

Graduada em Direito pela FIB - Faculdades Integradas da Bahia, Pós-Graduanda pela Universidade Salvador-UNIFACS em Direito Processual Civil, Especialista em Direito Imobiliário, Membro da Ordem dos Advogados do Brasil, Secção Salvador, sob o nº 31.012, Diretora da empresa Supremo Cobrança e Recuperação de Crédito, Membro do Instituto Baiano de Direito Imobiliário, Consultora Jurídica do programa de rádio e da revista Cadê o Síndico.

André Luiz Junqueira

Advogado com mais de 10 anos de experiência e autor do livro “Condomínios – Direitos & Deveres”. Pós-graduado em Direito Civil e Empresarial pela Universidade Veiga de Almeida (UVA). MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Certificado em Negotiation and Leadership pela Harvard Law School (HLS). Professor convidado da Escola Superior de Advocacia (ESA) da OAB/RJ, SECOVIRio, ABADI, ABAMI e Gábor RH (SP). Membro da Comissão de Direito Imobiliário da OAB/RJ. Membro da Associação Brasileira de Advogados do Mercado Imobiliário (ABAMI). Colunista do site SindicoNet e Universo Condomínio.

Voltar ao Topo
LiveZilla Live Chat Software